Cattleya intermedia

Cattleya intermedia




Flower colors There is many color forms but in general the sepals and petals are bluish white and the lip has a reddish midlobe. There is the alba form too.
Number of flower for spike The inflorescence has three to seven or nine flowers.
Flower size Between 10 to 13cm. across, depending on the variety.
Preferred conditions Considered as an easy plant to cultivate. It needs bright light (sometimes grows in full sun, from sea level to 300m), high humidity with little dry winter rest. An intermediate to warm environment suits well but as it is a strong plant, it can resist to lower temperatures.
Season of bloom In general from June to September but it can bloom in mid summer depending on the conditions of cultivation specially day length and temperature.
Origin Southern Brazil (the States of Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Grande do Sul), Paraguay and Uruguay.
Comments Natural hybrids of Cattleya intermedia: C. X intricata( X C. leopoldii), C. X isabellae (X C. forbesii), C. X picturata (C. guttata).

Colorido das flores Existem muitas variedades mas, em geral, as sépalas e as pétalas são branco-azuladas e o labelo tem colorido vermelho púrpura. Há também uma espécie alba.
Número de flores por haste De 2 até 7 ou 9 flores por haste floral.
Tamanho da flor Entre 10 e 13cm, dependendo da variedade
Condições requeridas Considerada uma planta de fácil cultivo. Precisa de luminosidade intensa (É encontranda vegetando em pleno sol), vegeta bem do nível do mar até 300m, precisa de umidade elevada com um período de repouso no inverno não muito rígido. Um clima variando de temperado a quente é o ideal mas como é uma planta resistente, pode suportar temperaturas mais baixas no inverno.
Época da floração Normalmente floresce de junho a setembro mas pode florir também em meados do verão dependendo das condições de cultivo a que está submetida principalmente da duração da luz e da temperatura.
Origem Sudeste do Brasil (principalmente estado do Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e do Rio Grande do Sul), Paraguai e Uruguai.
Comentários Híbridos Naturais de Cattleya intermedia: C. X intricata( X C. leopoldii), C. X isabellae (X C. forbesii), C. X picturata (C. guttata).