Vanda Sansai Blue



Flower colors The petals and sepals are dark violet (tessellated).
Number of flower for spike Up to ten for spike.
Flower size 10cm across.
Preferred conditions Due to the predominant presence of Vanda coerulea, this hybrid can be cultivated under temperate conditions but the presence of Vanda sanderiana makes it also warmer temperature tolerant. It must receive bright light but not direct sunlight (except on winter). It should be given frequently watering and heavy fertilizing. A balanced fertilizer should be applied weekly for 3 times and a higher phosphate once a month. If the blooming is not good, during the period before blooming, alternate the two formulas. It does not like to be potted, it must be cultivated in hanging empty wood basket which guarantees the perfect ventilation of its roots.
Season of bloom Spring.
Origin The main elements of this hybrid are Vanda coerulea which is native of northeast India, China, Burma and Thailand, Vanda sanderiana (or Euanthe sanderiana which comes from Philippines. The third element is Vanda tricolor which is endemic to Java.
Comments This hybrid has been registered in l985.

Colorido das flores As pétalas e sépalas são violeta escuro (tesselada).
Número de flores por haste Menos de 10 por haste.
Tamanho da flor 10cm de diâmetro.
Condições requeridas Em função da presença predominante de Vanda coerulea em sua formação, este híbrido pode ser cultivado em clima mais ameno e em razão da presença de Vanda sanderiana (Euanthe sanderiana) resiste também a temperaturas mais elevadas. São plantas ávidas de adubo, adube 1 vez por semana com um adubo balanceado por 3 vezes e na quarta, aplique um adubo fosfatado. Se ainda assim a floração não for satisfatória, passe a alternar as duas fórmulas, na fase que antecede a floração. Precisa de muito rega durante os meses mais quentes (época de crescimento) e uma redução na freqüência nos outros meses mas sem interrupção. Não gosta de substrato e prefere ser cultivada em cachepots de madeira para garantir a necessária ventilação de suas grossas raízes.
Época da floração Primavera.
Origem Os principais elementos deste híbrido são Vanda coerulea de altas altitudes do Himalaia (Índia, China, Tailândia e Birmânia) e Vanda sanderiana (ou Euanthe sanderiana) que é originária das Filipinas. Numa proporção uma pequena há também a presença Vanda tricolor que é endêmica de Java.
Comentários Este híbrido foi registrado em 1985.