Coletânea de Orquídeas Brasileiras I - Encyclia 22:25 - 2003


 

Palavras chave:
Encyclia silvana
, Brasil, Bahia, Porto Seguro, nova espécie.

Resumo:
Uma nova espécie de Encyclia (Orchidaceae) para a flora brasileira é apresentada aqui, descoberta próximo à cidade de Porto Seguro, no litoral sul do Estado da Bahia.

Abstract:
A new species of Encyclia (Orchidaceae) to the Brazilian flora is shown here. It was found at Porto Seguro surrounds, in the south of the Bahia State.

  Typus:
Brasil, Bahia, arredores do município de Porto Seguro.

Holotypus:
SP.

Coletor:
Edmundo Ferreira da Silva, maio de 1999, s/n. Floresceu em cultivo em setembro do mesmo ano.

Etimologia:
nome dado em homenagem ao descobridor da espécie, Edmundo F. da Silva.

Floração:
Durante a primavera no Brasil.

Hábitat:
Mata Atlântica, em florestas claras junto ao litoral, em altitudes de até 100 metros.

Distribuição:
Bahia, na região sul do Estado.

 

Planta epífita, cespitosa; pseudobulbos de 2,5 cm de altura por 2,0 cm de diâmetro, ovóides, bifoliados, cobertos de bainhas caducas; quando novos lisos e depois enrugados. Folhas entre elípticas e oblongas, com até 12,0 cm de comprimento por 2,0 a 2,5 cm de largura, coriáceas. Haste floral atingindo até o dobro do comprimento das folhas, com poucas flores, que não se abrem totalmente. Sépala dorsal com 13,0 mm de comprimento por 3,5 mm de largura, elíptico-lanceolada; sépalas laterais lanceoladas, um pouco mais longas que a dorsal e com 3,0 mm de largura; pétalas oblanceoladas, com 12,0 mm de comprimento por 3,0 mm de largura. Tanto as sépalas quanto as pétalas são de cor ocre, com a base amarelada. O labelo tem 12,0 mm de comprimento por 13,0 mm de largura quando explanado, fortemente trilobado, de cor um pouco mais amarelada que os outros segmentos, com lobos laterais cuneados, de ápice agudo, os quais envolvem a parte apical da coluna, o

  central é elíptico, com ápice agudo. O labelo apresenta calosidade em forma de 2 lamelas que se estendem a partir da base até o ínicio do lobo central, o qual apresenta também uma lamela longitudinal um pouco mais baixa, na seqüência das lamelas principais. A coluna tem 7,0 mm de comprimento por 3,0 mm de largura junto às pequenas asas; é semicilíndrica, de cor esverdeada com ápice amarelado. A antera é amarela, com 1,5 mm de comprimento por 2,0 mm de largura e apresenta 4 polínias amarelas de 0,8 mm de comprimento. O ovário é levemente recurvado.

 
 

 
Expressamente proibido qualquer tipo de uso, de qualquer material deste site (texto, fotos, imagens, lay-out e outros),
sem a expressa autorização de seus autores. Qualquer solicitação ou informação pelo e-mail orchidnews@oi.com.br