Orquídeas da Ilha da Reunião


Thierry Pailler Thierry Pailler é doutor em Biologia de Reprodução de Plantas. Mestre de Conferências da Universidade da Ilha de la Réunion (França). Membro do grupo de especialista de orquídeas do UICN e o herbário da Ilha de la Réunion . É particularmente interessado na biologia e na ecologia das orquídeas e também para na conservação de plantas. Participou do 18a. WOC como conferencista na mesa redonda relativa à Polinização. É responsável científico do programa 'Ecossistemas tropicais: 'Interações planta-polinizador numa ilha oceânica tropical: Distribuição geográfica, síndromes de reprodução e genética das populações de orquídeas em diferentes ecossistemas da Reunião ', do Ministério Francês da Ecologia e do Desenvolvimento sustentável.'
   




ON: Em Dijon, em sua palestra o senhor tratou das "Interações orquídea–polinizador da ilha da Reunião", quando disse que o número de espécies nativas se eleva 120 sendo a metade endêmica. Quais são estas espécies endêmicas?
TP: Aeranthes strangulata e tenella, Angraecum paniculatum (talvez um sinônimo de Angraecum patens) , Benthamia sp, Bonniera corrugata, Bulbophyllum caespitosum, cordemoyi, Habenaria chloroleuca, Jumellea divaricata, exile, stenophylla, stipitata, Liparis caulescens e mais outras.

ON: Quais são os principais gêneros?
TP: Existem, pelo menos, 49 espécies pertencentes ao grupo das Vandeae incluindo 25 espécies de Angraecum entretanto três podem ser sinônimos, 9 espécies de Jumellea, assim como outros gêneros menos conhecidos como Oenia, Solenangis. Mas há também representantes de subfamílias como 14 espécies de Bulbophyllum e uma Cirrhopetalum (Cirrhopetalum umbellatum) , 13 espécies of Liparis, Habenaria, Phaius, Oberonia, Oeceoclades, Calanthe.

ON: Segundo seus estudos, há diversas espécies em comum com a Ilha de Madagascar Madagascar apesar da distância (aproximadamente 800km), qual a relação entre as espécies destas duas ilhas? E com a Ilha Maurício que é mais próxima (cerca de 200km)?
TP: Existem espécies em comum não somente com a ilha de Madagascar mas também com os continentes asiático e africano e outras ilhas como a Ilha Maurício (mais de 60), Rodrigue, Seychelles, Comoros e etc . Quase a metade das espécies distribuídas por diversos gêneros são confirmadas para a Ilha de Madagascar: Aeranthes, Angraecopsis parviflora (só uma espécie também ocorrendo na ilha Maurício), Angraecum, Blecardia macrostachya (também na Ilha Maurício), Benthamia , Bulbophyllum, Calanthe sylvatica (também nas Ilhas Seychelles ), Corymborchis corymbis e Cryptopus elatus (também na Ilha Maurício), Cynorkis, Disperis , Eulophia pulchra (também nas ilhas Seychelles e Maurício), Habenaria prealta (também nesta última ilha), Liparis, Oberonia, Oeniella polystachus (também nas ilhas Seychelles e Maurício), Phaius, Platylepis, Polystachya, Satyrium, Solenargis. Calanthe sylvatica, Cirrhopetalum umbellatum e Eulophia pulchra também aparecem na Ásia. Polystachya mauritiana é também confirmada para a América e Asia.

ON: Polystachya é um gênero cujas espécies são mais distribuídas pela África tropical, no entanto, algumas espécies são encontradas na Ásia, América e Madagascar. Polystachya mauritiana é a única espécie nativa?
TP: Existem mais três: Polystachya cultriformis, fusiformis e minuta.

ON: Quais são as condições geográficas da Ilha da Reunião?
TP: A altitude varia de 0 a 3070 m e a situação geográfica é 21°S e 55°E.

ON: Podemos supor que a variação climática seja grande embora a área total não exceda a 2512 km, isto significa que existem espécies de clima quente e clima mais frio. Segundo as informações que pude obter, a nível do mar, a temperatura nunca é desce além de 19°C, mas dependendo da altitude pode ser negativa. As espécies são, em geral, epífitas ?
TP: 50 % são epífitas.


ON: Existe uma preocupação com a conservação? As pessoas estão conscientes deste problema?
TP: Sim, existem algumas associações de conservação da natura: SREPEN, Associação de Orquidófilos do Sul.

ON: E da parte do Governo? Existe um programa de conservação?
TP: Sim, há três anos, existe um programa financiado pelo Ministério da Ecologia e Desenvolvimento Sustentável da França. O título do programa é: Ecossistemas Tropicais: Interações planta-polinizador em uma ilha tropical oceânica: Distribuição geográfica, síndromes de reprodução e genética das populações de orquídeas em vários eEcossistemas da Reunião'. Eu sou o cientista encarregado.



ON: Obrigada, Thierry Pailler.





É expressamente proibido qualquer tipo de uso, de qualquer material deste site (texto, fotos, imagens, lay-out e outros), sem a expressa autorização de seus autores.